sábado, 25 de novembro de 2017

SLOWFOOD , NOVA ONDA ALIMENTAR.

SLOWFOOD.
Nova maneira de ver os alimentos, com uma 
característica a mais, em seus multi-aspectos 
físicos de apreciação.
#Aparêncianoprato. #Visual.
Sabemos que o cérebro humano, leva 
alguns minutos para processar a informação 
alimentar, e dar ordem de saciedade para 
que a fome se encerre. Mas quando 
comemos uma quantidade grande em um 
pequeno espaço de tempo , "FastFood", 
e de uma forma voraz; quando essa ordem 
de saciedade chega, é tarde de mais! 
Já enchemos demais o estomago , 
e estamos agora com desoxigenação 
cerebral para poder ter uma digestão a 
altura do volume alimentar. 
Chega então a sonolência e a moleza.

A forma SlowFood de comer, vem ensinar 
uma nova maneira de se alimentar. 
Comer com calma, iniciando pela 
degustação leve e sabor por sabor! 
Apreciando primeiro a forma e as 
cores do prato, depois o sabor!

Afinal, a natureza leva meses para formar 
um legume em toda sua forma e cor, 
com suas vitaminas e sais minerais; 
para que em segundos comamos sem 
ao menos apreciar seus detalhes e sabor 
peculiar. Dando-lhe o fim com cautela 
e apreciação!

      
Peixes, aves e vegetais, todos tem um 
propósito definido.
  
 Alimentar o homem com qualidade e nutrientes, 
e dar a ele saúde!
  Mas quando comemos rápido demais, 
por causa de nossos interesses cotidianos,  
não notamos isso e além; engordamos muito 
mais do que realmente representa 
saúde para o corpo, comprometendo até 
mesmo o futuro do próprio corpo alimentado.

#SlowFood , pratique e verás grande 
mudanças Positivas!

By Panda.

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

ISRAEL SHALON.

Se eu tivesse mais uma vida, queria estar nos atrios de Sião. Cantar e Louvar em Hebraico, com oportunidade de estudar nas melhores escolas de Israel. Ainda, que no centro de uma demanda politica e humanitaria. Ainda que que causa de transtornos no mundo.

CÁLICE DE ESTONTEAR...

 

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

PRESSA.



Penso que não nos falta tempo e sim prioridades. O mundo se 
encarrega de criar cada vez   mais   estímulos   de consumo e 
entretenimento e na mesma   velocidade nos faz acreditar que 
precisamos dessas coisas  para sermos felizes.Assim, fisgados 
por essa armadilha, entramos  em  um ciclo vicioso que turbina 
nossos pensamentos e cria  mais  desejos  vazios e supérfluos, 
que jamais poderão ser saciados  e  assim  nos   frustramos  e 
mais pressa temos. Ao ponto  que  a  vida  deixa  de ser vivida, 
as alegrias deixam de ser sentidas,  as relações deixam de ser 
compartilhadas. E quando perdermos o controle da pressa, nos 
chocaremos com a realidade.Tarde demais perceberemos que 
a pressa foi tanta, que deixamos as melhores e mais importantes 
coisas pelo caminho de nossa apressada vida...
Alexandre Cândido Salazar

sábado, 4 de novembro de 2017

UMA MENINA, MENINA.

 






















Há um menino , há um 

moleque morando sempre no

meu coração... Toda vez 

que a tristeza me alcança , o

 menino me dá a mão... 

me  leva pra correr a pé... 

pular corda e brincar de 

amarelinha... e depois 

um picolé... tem que ser  de 

tangerina ...


Eu e ele... Ele menino e eu menina...

By Bárbara Godinho

_______________________________________________

Casa dos ovos. Parceria.