sábado, 12 de janeiro de 2019

COFFEELOVER.


Não há nada que impeça vc de tomar café, 
mas no trabalho,   tenha modos de gente!!!
Panda











quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

O QUE SÃO QUEIJOS?

 A arte da fabricação de queijos tem seu início perdido num 
passado remotíssimo, nada menos do que há 12 mil anos 
antes do nascimento de Cristo, num período conhecido 
como paleolítico superior. Segundo a lenda, o queijo teria 
sido descoberto por um dos filhos de Apolo, Aristeu, Rei 
da Arcádia.
Os Egípcios, estão entre os primeiros povos  que cuidaram 
do gado  e tiveram, no  leite e no queijo, fonte importante 
de sua alimentação. Isso foi possível  porque  o  fértil  vale  
do Nilo  possuía  pastagens  cheias  de  gado . Tão  
importante era  o  bovino  para  os  egípcios  que  a  
simbologia   desse povo eternizou   sua   importância   
colocando  chifres  de vaca  sobre a cabeça  da  deusa 
Hathor. Queijos feitos de leite de vaca, de cabra e de 
ovelha também foram encontrados em muitas tumbas egípcias.



























Passagens bíblicas registram o queijo como um dos alimentos 
da época. Na Europa, os gregos foram os primeiros a 
adota-lo em seus cardápios, feito exclusivamente com leite 
de cabras e de ovelhas, animais que criavam. Entretanto, 
os romanos foram os responsáveis pela maior divulgação 
dos queijos pelo mundo. Na expansão de seu Império 
eles levaram vários tipos à Roma. Elevaram o nível do 
queijo, transformando-o de simples alimento para uma 
iguaria indispensável nas refeições dos nobres e em 
grandes banquetes imperiais. Os romanos apreciavam 
o queijo, do qual fabricavam inúmeras variedades e 
cujas virtudes conheciam, pois utilizavam-no na 
alimentação dos soldados e atletas.


Com uma relação profunda com a mitologia e as divindades, 
o leite e o queijo tiveram maior abrangência na antiga 
Suméria, passando pelas civilizações Babilônica e Hebraica, 
e acabando na Antiga Grécia e na civilização romana. Na Idade 
Média os queijos atingiram um dos pontos mais altos no que 
se refere à higiene. Certas ordens religiosas ganharam 
reputação por causa da qualidade dos seus queijos, devido 
às rígidas regras de higiene em sua manufatura. Tanto 
que o nome queijo deriva do termo medieval formatium, 
ou “queijo colocado na forma”.


http://www.queijosnobrasil.com.br/queijo/historia_queijos.htm

By Panda.

domingo, 6 de janeiro de 2019

CAFÉ DE TODO TIPO... MAS... CAFÉ!


 Quando falamos em tomar café, pensamos logo,
na melhor e maior xícara que pudermos imaginar!

Mas isso não basta!
...tem que ter aroma, sabor encorpado e uma xícara
branca, do tamanho de nossa vontade de tomar café!
Lugar ? Não importa ! Onde eu me sentir bem!
E com amigos?   melhor!
Não pode estar muito quente... e muito menos frio!
...tem que estar no ponto!

Talvez um pequeno biscoito por perto, não importa, 
o que importa é o café, cheiroso, maneiro!
Café com gosto de café, na hora de tomar café! 
Tirado na hora... com aquela espuminha natural, na xícara!

Para que gosta de chantily, uma quantia ideal é 
aquela, que cobre só o café!
Que de o tom...
Que de a visão do céu...

Xícara branca e nunca em copo americano! 




















Colherinha pequena, açúcar a seu gosto!
...de preferência sempre  DEMERARA, por
recomendação médica.

Mas o que importa mesmo é o café... longos 3
ou 4 minutos, para degustar uma xícara de café!
Café com creme... ou não! ...com biscoitinho...
ou não!  ...Capuccino... ou não!

Mas café... de todo tipo!

Qualquer hora do dia!   Café!

A imagem desenhada que você escolher!

No lugar que você estiver... ou puder! Café!
By Panda.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

#XÍCARAS BRANCAS.


Cai mais uma tarde, e mais uma vez estou aqui...
na minha cozinha,    com minhas xícaras de café.
E sinto que não há companhia melhor, do que as
minhas xícaras,   que não choram não reclamam,
só me servem e me deixam estar com elas,    toda tarde!
São lindas, ainda que simples,   mas as texturas de suas
estampas,    me mostram a alma de quem pintou,
desejando perpetuar bons momentos para quem usa-las.
Xícaras,  cada qual com seu pires, com a mesma
estampa floral, e o mesmo gesto angelical, servir.
Mais uma tarde se vai,    e na reflexão, olho  as xícaras,
rodo os anéis, penso.   Não tenho motivo para não crer,
que Deus fez,    quem fez as xícaras,  pintou as xícaras,
vendeu, deu.          E para que servem as xícaras?
Senão pra conter os líquidos...        para conter aromas!
Transborda-los!

E com elas nas mãos eu penso,  medito, degusto.
Elas viajam o mundo,    e voltam, pra nos servir!
Xícaras servas, como nós,        servos, só servos!

By Panda.

CAFÉ ATITUDE.

BY PANDA.