terça-feira, 10 de julho de 2018

Dia da Pizza.

Podemos dizer que todo brasileiro é um pizzaiolo, e como se não bastasse é também apreciador de pizzas exóticas.    Mas não vai faltar quem peça  uma  pizza  mussarela na Hora do happy hour...  Afinal, pizza cai bem com     qualquer situação,    futebol,     boa conversa,  aniversário ou simplesmente um lanche da tarde... pizza, pizza, pizza...

Sempre será a preferência brasileira.
Hoje dia 10 de julho é o dia da pizza Aproveita e pede a sua...
By Panda


domingo, 8 de julho de 2018

#XÍCARAS BRANCAS.


Cai mais uma tarde, e mais uma vez estou aqui...
na minha cozinha,    com minhas xícaras de café.
E sinto que não há companhia melhor, do que as
minhas xícaras,   que não choram não reclamam,
só me servem e me deixam estar com elas,    toda tarde!
São lindas, ainda que simples,   mas as texturas de suas
estampas,    me mostram a alma de quem pintou,
desejando perpetuar bons momentos para quem usa-las.
Xícaras,  cada qual com seu pires, com a mesma
estampa floral, e o mesmo gesto angelical, servir.
Mais uma tarde se vai,    e na reflexão, olho  as xícaras,
rodo os anéis, penso.   Não tenho motivo para não crer,
que Deus fez,    quem fez as xícaras,  pintou as xícaras,
vendeu, deu.          E para que servem as xícaras?
Senão pra conter os líquidos...        para conter aromas!
Transborda-los!

E com elas nas mãos eu penso,  medito, degusto.
Elas viajam o mundo,    e voltam, pra nos servir!
Xícaras servas, como nós,        servos, só servos!

By Panda.

sexta-feira, 6 de julho de 2018

FEIJOADA A BRASILEIRA.

feijoada à brasileira é um prato que consiste num guisado de feijões-pretos com vários tipos de carne de porco e de boi. É servida com farofaarroz branco, couve refogada e laranja fatiada, entre outros acompanhamentos. Trata-se de um prato popular, típico da culinária brasileira.
A feijoada completa, tal como a conhecemos, acompanhada de arroz brancolaranja em fatias, couve refogada e farofa, com sempre uma pimentinha para realçar o sabor.

A sua criação e nome tem relação com modos de fazer portugueses, das regiões da Estremadura, das Beiras e de Trás-os-Montes e Alto Douro, que misturam feijão de vários tipos - menos o feijão preto (de origem americana) - linguiças, orelhas e pé de porco. De fato, os cozidos são comuns na Europa, como o "Cassoulet francês", que também leva feijão no seu preparo. Na Espanha, o cozido madrilenho e a fabada asturiana e, na Itália, a casseruola ou casserola milanesa são preparados com grão-de-bico. Aparentemente, todos estes pratos tiveram evolução semelhante à da feijoada, que foi incrementada com o passar do tempo, até se transformar no prato da atualidade.

Cozido Madrilenho 
Cassoulet francês
casserola milanesa
fabada asturiana

A lenda popular mais difundida sobre a origem da feijoada é a de que os senhores forneciam a seus escravos os "restos" dos porcos, quando estes eram carneados. O cozimento desses ingredientes, com feijão e água, teria feito nascer a receita. Tal versão, contudo, não se sustenta, seja na tradição culinária, seja na mais leve pesquisa histórica. Segundo o historiador Carlos Augusto Ditadi, em artigo publicado na revista Gula, de maio de 1998, esse mito é nascido do folclore moderno, numa visão romanceada das relações sociais e culturais da escravidão no Brasil.
Mas, Independente de tudo, sabemos que este prato tipicamente brasileiro é uma Delicia, então recomendo sempre essa maravilha gastronômica para todos! 

BOM APETITE!
APOIO:
PEIXARIA DEUS É FIEL.
(FEIJOADA TODOS OS SÁBADOS)
EM FRENTE A COMUNIDADE
DIVINA MISERICÓRDIA.
STA CRUZ DO CAPIBARIBE PE.
81 993552206
by:M.Paulo

sábado, 30 de junho de 2018

KIB OU KEEB OU KEBBAB. (CARNE EM ÁRABE)















Não  há  nada  melhor  que   um   Kibe   (Kebbab),  
preparado na hora,  bem  amassado  a mão de rolo,
com   carne  selecionada   e  com ervas aromáticas 
para nos fazer um   pouco   mais feliz no nosso dia. 
Um Kibe, frito na hora  e com um toque de hortelã 
na hora de amassar a carne.      Uma pimentinha na
mesa   e   também   ketchup   para   o  momento da 
degustação.   #Show

Quibe(ou kibe;em árabe كبة ['kibbeh] ou kebah]) 
O kibe, que teve sua origem em regiões como o Mediterrâneo   e o     Iraque,  foi criado para ser consumido pelas classes menos favorecidas, já que a carne   era misturada ao trigo para render mais e alimentar  as famílias destas localidades.
Não  era feita   só com carne de gado, mas com vários animais da região, e o segredo estava no
desdobramento   da   carne com triguilho e com 
outras farinhas saborosas que se comportavam 
bem nas frituras. Um bolinho Cônico, que depois
passou a ser frito em   quadrados e depois ainda
em forma de peões duplocônicos que em alguns
casos eram recheados com   manteiga ou queijo.
PANDA.

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Picanha no Chalé.

No domingo resolvemos comer uma picanha. Então fomos ao chalé, próximo aqui da minha casa no Malaquias Cardoso .E nos é quem fomos surpreendidos por uma picanha completa com tempero Fantástico ao ponto  e também uma salada maravilhosa .
Eu tenho certeza que não há outro lugar melhor para se comer uma picanha Argentina, só aqui no chalé.
By Panda.

Dia da Pizza.

Podemos dizer que todo brasileiro é um pizzaiolo, e como se não bastasse é também apreciador de pizzas exóticas.    Mas não vai faltar quem ...